Dicas de dieta Support Vida

DIETA – RECOMENDAÇÕES PARA HIPERTENSÃO


- Diminuir a ingestão de sal (não usar saleiro na mesa);

- Preferir temperos naturais como: limão, alho, cebola, cheiro-verde, orégano, cominho, coentro, manjericão, louro, hortelã, salsinha, gengibre, páprica, manjericão, açafrão, alecrim, sálvia;

- Consultar os rótulos dos produtos industrializados, dando preferência aos que tiverem menos sódio. Limite diário de sódio é de 2000mg (até 3 colh. de café rasa/dia/pessoa). Atenção as seguintes substâncias: cloreto de sódio, fosfato dissódico, nitrato de sódio, sacarina sódica e ciclamato de sódio (presentes em adoçantes) e bicarbonato de sódio;

- Preferir alimentos naturais aos industrializados;

- Dar preferência aos queijos brancos sem sal;

- Substituir manteiga ou margarina com sal pelas versões sem sal;

- Aumentar a ingestão de alimentos que são fontes de potássio: (feijões, vegetais verdes-escuros, banana, melão, cenoura, batata, maracujá, tomate, água de coco e laranja;

- Consumir alimentos ricos em magnésio (vasodilatador): couve, salsa, espinafre, gérmen de trigo, pão integral, nozes e amêndoas;

- Consumir frutas, legumes e verduras diariamente, de preferência crus;

- Consumir semente de linhaça (2 colheres de sopa/dia): fonte de ômega e fibras;

- Fracionar as refeições em 5 a 6 vezes ao dia;

- Dar preferência aos óleos vegetais (soja, canola ou azeite);

- Dar preferência às preparações grelhadas, assadas e cozidas evitando as frituras;

- Café e bebidas com cafeína, devem ser consumidos com moderação;

- Praticar atividade física regularmente e manter o peso saudável.


ALIMENTOS QUE DEVEM SER EVITADOS


- Temperos industrializados, glutamato monossódico, caldos e extratos de carne ou galinha e sal de cozinha. - Molhos industrializados (catchup, mostarda, shoyu, maionese) e patês;

- Carnes gordas e defumadas (charque, carne de sol, toucinho, bacon), vísceras (fígado, língua, bucho), embutidos (mortadela, presunto, linguiça o tipo calabresa e salsicha), peixes salgados (bacalhau, atum, sardinha em lata) e hambúrguer;

- Conservas (palmito, picles, azeitona e milho) e enlatados como extrato de tomate;

- Sopas prontas, bolos, sucos industrializados, refrigerantes e macarrão instantâneo;

- Salgadinhos para aperitivos (batata frita, amendoim salgado, entre outros) e bolachas de água e sal;

- Queijos amarelos (prato, provolone, parmesão, mussarela, cheddar, catupiry);

- Massa pronta que contenham recheios salgados (canelone, lasanha, ravióli);

- Bebidas alcoólicas e o uso do cigarro.


Receita de Gersal (sugestão para temperar saladas, feijão e legumes);

Ingredientes: 10 colh. de sopa de gergelim e 1 colh. de sopa de sal.

Preparo: Torre o gergelim sem deixar queimar (no forno, mexendo sempre ou na frigideira). Espere esfriar. Junte o Sal e triture no liquidificador ou processador, formando uma farofa. Guarde em recipiente fechado, preferencialmente na geladeira, diminuindo a oxidação.




DIETA - RECOMENDAÇÕES PARA DIABETES


- Comer devagar e mastigar bem os alimentos;

- Fracionar as refeições em 5 a 6 vezes ao dia em pequenas quantidades;

- Respeitar os horários das refeições evitando jejum prolongado;

- Consumir legumes e verduras diariamente, preferencialmente crus;

- Alternar peixes especialmente os com ômega 3 (sardinha, atum, salmão e cavala) com peito de frango e carne bovina magra (patinho e coxão duro);

- Preferir leite/iogurte/coalhada desnatados, queijo minas, ricota e cottage (para não extrapolar a cota de gordura saturada permitida);

- Observar o rótulo dos alimentos industrializados, verificando nos ingredientes se contém ou não açúcar;

- Consumir alimentos ricos em fibras (frutas com bagaço e casca, verduras, grãos, produtos integrais, aveia (02 colheres de sopa de farelo de aveia);

- Consumir 3 porções de frutas diariamente, de preferência acompanhadas com leite, aveia, linhaça ou como sobremesa após as refeições. 1 porção = 1 banana ou 1 maça ou 1 cacho pequeno de uva ou ½ manga ou ¼ de abacate;

- Tomar no mínimo 2 litros de água por dia;

- Quando necessário, utilizar o adoçante artificial em substituição ao açúcar em quantidades moderadas alternando (aspartame, sucralose, steviosídeos e acesulfame de potássio).


ALIMENTOS QUE DEVEM SER EVITADOS


- Excesso de sal, alimentos ricos em sódio como maionese, catchup e mostarda, enlatados, temperos prontos, conservas e embutidos (salame, calabresa, mortadela e outros). Como tempero utilizar: limão, vinagre, cebola, alho, cheiro verde, louro, orégano, alecrim entre outros;

- Frituras. Prefira preparações assadas, cozidas ou grelhadas;

- Carnes gordas, suína, torresmo, toucinho, bacon, banha de porco;

- Creme de leite, leite condensado e leite integral;

- Doces em geral (chocolate, goiabada, balas, doces em calda, mel, melaço, geléia e açúcar branco e mascavo);

- Produtos industrializados com adição de açúcares, bebidas alcoólicas e refrigerantes;

- Evitar consumir na mesma refeição somente alimentos de alto índice glicêmicos. Associar com alimentos de baixo e/ou médio índice glicêmico. Abaixo segue tabela:

Índice Glicêmico (IG) de Alguns Alimentos

- Alto IG – Pão Branco/ Biscoito de água e sal/Cream Cracker/Batata inglesa/Cereais Matinais/Beterraba/Abóbora, Milho Cozido/ Melancia/ Flocos de milho/Uva Passa.

- Médio IG – Pão Torrado de Centeio/Arroz Polido/Batata doce/Inhame/Suco de Laranja/Banana-Manga-Mamão papaya/Pipoca.

- Baixo IG – Pão com sementes/Arroz parboilizado ou integral/ Aveia/Leite- Iogurte- Chocolate dietético/Pera-Ameixa- Maçã- Laranja com bagaço-pêssego/Oleaginosas (castanhas, nozes, Amêndoas).

Ex.: pão com queijo e 1 maçã; leite com aveia e mamão; iogurte com uva passa; arroz e feijão banana com aveia. Outras combinações: pão com ovo (proteína); macarrão com carne e salada.

- Em caso de hipoglicemia: 15g de carboidratos (1/2 xícara de suco de laranja, uva ou maçã; ou 1 copo de leite ou 1 colher de sopa de mel ou açúcar, ou 3 cream crackers).





DIETA – RECOMENDAÇÕES PARA OBESIDADE ADULTA


- Reduza o consumo de calorias/dia, reduzindo as porções consumidas (ex.: diminua arroz e feijão pela metade; reduzir consumo de pão para 1 fatia por refeição; reduza consumo de massa misturando-a à carne magra e à salada para dar maior saciedade). Evite ao máximo alimentos gordurosos, com alto teor de sal e açúcar;

- Fracione as refeições em 5 à 6 vezes ao dia, em pequenos volumes. Realize pelo menos 03 refeições (café da manhã, almoço e jantar) e 02 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições. Coma de 3 em 3 horas (ex.: frutas com casca e bagaço, saladas de frutas, iogurtes desnatados, sucos naturais sem açúcar);

Coma diariamente pelo menos 03 porções de legumes e verduras como parte das refeições e 03 porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches;

- Mastigue bem e coma devagar;

- Ingira 08 a 10 copos de 200ml e água/dia entre as refeições (30 min. antes e 1 hora após);

- Inicie as refeições com saladas cruas ou frutas;

- Quando comer doces, opte por aqueles feitos com fruta (despreze a calda, opte por granola com iogurte e fruta, banana ou abacaxi assado com canela);

- Controle a quantidade de óleo nas preparações cozidas, assadas ou grelhadas (usar menos de ½ litro por mês por pessoa/família);

- Limite o consumo de sal para no máximo 3 colheres de café rasa por dia, por pessoa, distribuídas em todas as refeições. Retire o saleiro da mesa. Não utilize temperos industrializados (Sazon, Caldo Knnor, Agynomoto,etc);

- Controle o consumo diário de sódio (a quantidade é de até no máximo 2.000 mg/dia);

- Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo. Mantenha o peso dentro de limites saudáveis;

PREFIRA:


- Alimentos integrais como pães, arroz e cereais em substituição aos refinados;

- Leite/Iogurte/Coalhada desnatados e queijos magros (ricota, minas frescal e cottage e requeijão light);

- Frango sem pele, peixes magros (namorado, merluza, badejo, tilápia);

- Ovos cozidos ou pôches (cozidos na água) ou no molho, ou mexidos;

- Arroz integral + feijão diariamente, mas em quantidades inferiores ao consumo atual;

- Massas com molho de tomate ao invés de queijos cremosos e molhos brancos;

- Sucos naturais e bebidas sem açúcar (café, chás), Se necessário, utilize o adoçante artificiais em substituição ao açúcar em quantidades moderadas alternando (aspartame, sucralose, steviosídeos e acesulfame de potássio;

- Alimentos que auxiliam na compulsão por doces: alimentos fonte de cromo (ex.: levedo de cerveja, trigo integral, maçã, brócolis, cenoura);


EVITE:


- Jejuns prolongados, pular refeições. Carregue sua fruta e seu lanche saudável;

- Substituir as refeições principais por lanches rápidos;

- Cozinhar e ir ao supermercado com fome. Comer assistindo TV;

- Consumo de frituras, queijos amarelos, linguiças, mortadela, bacon, calabresa, creme de leite e carnes gordas (costela, acém, contra filé, paleta, ponta de peito e outras), salgadinhos, empadões, massa folhada, carnes com gordura aparente, pele de aves;

- Bebidas alcoólicas;

- Dietas milagrosas;

- Refrigerantes (mesmo o light ou diet) e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas como regra da alimentação. 


Comentários (1)

Claudia

27 Dezembro, 2017
Adorei as dicas de saúde, sou Diabética e irei seguir as recomendações. Obrigada.

Deixe um comentário